Agora já é tarde demais

00:00

Depois de me ter falhado pela milésima vez, principalmente nos meus anos. Ao fim de quase quatro meses, a Inês lembrou-se da minha existência.
Inês « Love you »
Eu « ? »
Inês « Tenho saudades oh »
Eu « Quase 4 meses depois é tarde, não? »
Inês « Não sei, sempre ouvi dizer que mais vale tarde que nunca, mas depende »
        « Tens vindo a x? »
Eu « Ao fim de semana porquê? »
Inês « Para saber, gostava de falar contigo pessoalmente »

Ainda estou a pensar se lhe dou mais uma hipótese ou não para falar comigo, estou cansada de ela me falhar sempre e principalmente nos meus anos que foi o me fez chatear de vez com ela e me magoou.

You Might Also Like

16 comentários

  1. Há pessoas que, por vezes, só nos fazem mal. E depois voltam, e ao fim de algum tempo já nos estão a magoar outra vez. Não estou a dizer que é o caso, isto é apenas o que me aconteceu mais do que uma e duas vezes.
    Espero que tomes a melhor decisão para ti, Effy!

    Resp.: Irlanda porque adoro a cultura deles :)

    ResponderEliminar
  2. Nao estou "dentro do assunto" mas, apesar de tudo, acho que devias dar-lhe uma oportunidade de ela se justificar, depois cabe-te a ti saber o que fazer linda

    ResponderEliminar
  3. Também já tive "amigas" assim e quando o assunto é o nosso dia de aniversário, que é especial para nós, a mágoa duplica :/

    ResponderEliminar
  4. Já tive uma amizade assim tóxica, "nunca" tinha tempo, não estava interessada na nossa amizade, apenas via o namorado à frente,etc. E está claro no inicio da minha frase, que já não somos amigas, foi o melhor que fiz, é muito bom tirares da tua vida pessoas tóxicas, é difícil, sofri muito e por vezes ainda sofro, mas é o melhor.
    R: obrigada!

    ResponderEliminar
  5. Se ela é uma pessoa importante deves dar-lhe uma nova oportunidade. Pelo menos deviam falar e esclarecer as coisas :)

    R: Claro que vou tentar! :)

    ResponderEliminar
  6. Ai como eu te entendo babe!

    http://quase-italiana.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Não estou familiarizado com o vosso historial, mas se estás a falar de uma amiga que só se lembra de ti quando a consciência lhe pesa, sei bem o que isso é. Quem está de fora diria logo que é preferível cortares com esse tipo de pessoas mas na prática não é assim tão fácil, pelo menos para mim. Tenho uma amiga de há 12 anos que nos últimos três nem sequer se lembra do meu aniversário, mas depois vem falar comigo como se nada fosse. Espero que tudo se resolva!

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
  8. Também tive uma situação idêntica e dei uma oportunidade. E depois dei uma segunda e decidi que bastava! Essa pessoa não merecia as oportunidades que lhe estava a dar. E é curioso que essa suposta "minha amiga" também não me mandou os parabéns xD
    Se achares que merece, dá-lhe uma oportunidade.

    ResponderEliminar
  9. Ela pode ter as suas razões, não gosta nada falar com ela, mas segue o teu coração.

    ResponderEliminar
  10. Se achas que deves lhe dar mais uma oportunidade, porque não? Também não custa ouvir, fazes a tua parte.. e depois se vires que não vai dar em nada ao menos tentaste. :/

    ResponderEliminar
  11. Se ela já te falhou muitas vezes e se achas que ela vai voltar a fazê-lo, mais vale nem dares essa oportunidade. Há alturas em que temos de dizer adeus a certas pessoas...

    ResponderEliminar
  12. R: É mesmo o que disse. Não gosto que as pessoas copiem as ideias dos outros e não terem as suas próprias ideias, além de tornarem tudo repetitivo, estão a ter pouco espírito critico

    ResponderEliminar
  13. Nunca passei por uma situação assim :P e ainda bem!

    ResponderEliminar
  14. Sendo assim acho que as palavras que disse na outra publicação não se aplicam.
    Se não te faz bem acho que deves simplesmente deixar ir embora.

    ResponderEliminar
  15. Dizer que tem saudades é pouco, demonstrar é que é de dar valor!

    ResponderEliminar
  16. Eu e a minha 'melhor amiga' de 17 anos não falamos desde julho. Simplesmente deixou de me responder a mensagens, nunca mais combinámos nada, fartei-me de ser sempre eu a tentar, não me disse nada quando fiz anos ou quando o meu avô faleceu (que ela também conhecia desde sempre e soube de certeza da sua morte), e eu desisti, porque numa relação há sempre duas partes e se uma delas não tenta, então não é somente a outra que mantém a amizade viva. Se me custou aceitar, custou, mas hoje vejo que foi pelo melhor e que não vale a pena manter amizades tóxicas

    Beijinhos
    Ariadne
    Http://historiasdeariadne.blogspot.pt

    ResponderEliminar